19-9-mamografia

Como surgiu a mamografia?

O marco que mudou a história da medicina diagnóstica foi a descoberta do Raio-X, em 1895. 18 anos depois, em 1913, o Raio-X foi aplicado em lesões mamárias, pelo cirurgião alemão Albert Salomon. Ele radiografou peças cirúrgicas, obtidas de cirurgias de mastectomia.

Embora essa fase da mamografia tenha sido de grande importância, a realização do estudo ‘in vivo’ ocorreu somente em 1930, com o médico Stafford Warren, em Nova York. Em 1950, o primeiro ‘protótipo’ do que é hoje o exame foi feito: o médico radiologista uruguaio Raul Leborgne descobriu que para melhor resultado, era preciso comprimir a mama. E ele estava certo: a compressão é um fator importantíssimo para uma boa imagem radiográfica. Somente em 1980 seria desenvolvido o primeiro equipamento motorizado para compressão, através da empresa GE.

Daí por diante inúmeros cientistas contribuíram para evolução desse método, que é o mais eficaz na descoberta de problemas mamários, com destaque para o câncer de mama – o mais comum entre as mulheres. As mamografias digitais também marcam essa evolução, com menor compressão e melhor resultado.

Em 1990, surgiu o movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa, nos Estados Unidos. A campanha ganhou força e apoio de vários países e hoje é a maior difusora da importância do autoexame e da mamografia para a prevenção e diagnóstico precoce de nódulos que indicam a existência do câncer de mama.

(Fonte: Scientific Electronic Library Online – SciELO)

A São Lucas trabalha com equipamentos de alta tecnologia, por isso agende já o seu exame. Acesse a aba Agendamentos no menu superior ou ligue para: (47) 3249.2922.

Pré-agende seu exame

Na São Lucas você encontra exames e diagnósticos de alta precisão. Pré-agende seu exame conosco. Ligue (47) 3249-2922.