25-11-doacao-site

A importância de doar sangue

O Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado nesta segunda-feira (25) e a Clínica São Lucas ressalta a importância de mais doações voluntárias para garantir a disponibilidade de sangue em todos os hospitais do país.

Aproximadamente, 1,7% dos brasileiros são doadores frequentes, mas a Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que o ideal é ter entre 3% e 5% da população brasileira doando sangue anualmente, para que o país mantenha seus estoques.

As transfusões de sangue e de seus componentes ajudam a salvar milhões de vidas todos os anos. Elas contribuem para que os pacientes com doenças potencialmente mortais vivam por mais tempo e com melhor qualidade de vida, além de possibilitarem intervenções médicas e cirúrgicas complexas. As transfusões têm uma função vital no atendimento materno-infantil, na gravidez e na resposta de emergência no caso de desastres.

Além disso, os serviços de hemoterapia, que possibilitam aos pacientes o acesso ao sangue e aos componentes sanguíneos seguros e suficientes, dependem de doações regulares voluntárias e não remuneradas para manter um estoque constante e seguro. A São Lucas apoia esta causa!

Requisitos para ser um doador:

- Ter idade mínima de 16 anos e máxima de 69 anos - Pesar no mínimo 50kg - Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas - Não ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem a doação - Estar bem de saúde, sem gripe, resfriado ou febre há, no mínimo, sete dias - Não estar em período de gravidez ou amamentação - Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos seis meses (piercing na boca ou na genitália impedem definitivamente a doação) - Não ter feito uso de drogas injetáveis - Não ter visitado regiões onde há surto de febre amarela nas últimas quatro semanas. - Não ter tido relação sexual em que tivesse risco de doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses

Orientações após a doação - Repouso de 15 minutos para evitar mal estar - Beber bastante líquido - Evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado na doação - Se tiver febre, diarreia ou outro sintoma de doença infecciosa até sete dias após a doação, comunicar imediatamente o Banco de Sangue.

Frequência de doações: - Homens a cada dois meses e no máximo quatro por ano. - Mulheres a cada três meses e no máximo três por ano.

Para saber os endereços dos bancos de sangue acesse o site Movimento "Eu Dou Sangue" pelo http://www.eudousangue.com.br/onde-doar/.

Pré-agende seu exame

Na São Lucas você encontra exames e diagnósticos de alta precisão. Pré-agende seu exame conosco. Ligue (47) 3249-2922.