23-11-escorpiao-site

Itajaí registra ocorrências de escorpiões amarelos

Desde 2010, órgãos como o Núcleo de Controle de Zoonoses da Secretaria da Saúde de Itajaí monitoram bairros da cidade onde há ocorrências de escorpiões amarelos. O loteamento Rio Bonito, que integra o bairro São Vicente, tem merecido atenção especial devido à proliferação da espécie Tityus serrulatus, o temido escorpião amarelo. De janeiro a agosto de 2018, já foram coletados 40 escorpiões no local. No canto sul da Praia Brava, foram recolhidos até o final de setembro cerca de 300 escorpiões amarelos.

A Prefeitura tem orientado os moradores de Itajaí a evitarem acúmulo de entulho de material de construção, madeira e outros materiais em seus terrenos, pois este é o ambiente propício para o desenvolvimento da espécie. O escorpião amarelo é perigoso e sua picada pode ser letal, especialmente se a vítima for criança ou pessoa idosa.

Em caso de acidente, a orientação é procurar imediatamente atendimento hospitalar para que seja aplicado o soro antiescorpiônico e, em seguida, comunicar a Secretaria da Saúde de Itajaí pelos telefones (47) 3249-5571 e (47) 3249-5572

Orientações para manter sua casa protegida de escorpiões

• Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo domiciliar
• Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados, e entregá-los para o serviço de coleta. Não jogar lixo em terrenos baldios
• Eliminar fontes de alimento para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados
• Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil, superfícies sem revestimento, umidade
• Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado
• Preservar os inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos, como as corujas
• Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões
• Remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros
• Manter fossas sépticas bem vedadas, para evitar a passagem de baratas e escorpiões
• Rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas
• Vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha
• Reparar rodapés soltos e colocar telas nas janelas
• Telar as aberturas dos ralos, pias ou tanques
• Manter todos os pontos de energia e telefone devidamente vedados

Pré-agende seu exame

Na São Lucas você encontra exames e diagnósticos de alta precisão. Pré-agende seu exame conosco. Ligue (47) 3249-2922.