1-8-amamentacao-site

Mitos e verdades sobre a amamentação

A Semana Mundial da Amamentação é celebrada por mais de 100 países, de 1º a 7 de agosto, estes dias foram definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) com a finalidade de reduzir a mortalidade infantil.

O leite materno é um alimento completo que supre toda a necessidade calórica, nutricional e metabólica do bebê. Entretanto, muitos mitos e dúvidas preocupam mães acerca do aleitamento. Selecionamos oito mitos e verdades sobre o tema. Confira a seguir:

- Estresse e nervosismo atrapalham a produção de leite
Verdade. Mães que estão passando por períodos de estresse e tensão produzem uma quantidade anormal de adrenalina, o que acaba bloqueando a produção da oxitocina, um dos hormônios responsáveis pela amamentação. Nessa situação, vale a pena consultar um terapeuta para lidar com essa fase e também verificar com o pediatra sobre uma possível complementação.

- Algumas mães têm leite fraco
Mito. As mães comparam o seu leite ao leite de vaca, que é mais denso e consistente - porém impróprio para o ser humano em fase inicial. O leite materno é menos encorpado e mais claro que o leite de vaca, mas é rico em nutrientes imprescindíveis para o desenvolvimento do bebê.

- Melhora a saúde do bebê
Verdade. O leite materno possui todos os nutrientes que o bebê precisa até o sexto mês de vida. Está comprovado que as crianças que mamam até os seis meses falam, mastigam e respiram melhor que as demais. Também sofrem menos com cólicas e o intestino funciona de forma regular.

- Amamentar dói e machuca o peito
Nem mito, nem verdade. Isso varia de acordo com a sensibilidade de cada mãe, mas grande parte não sente nada. Nos primeiros dias, é comum a mama ficar inchada, o que deixa a região dolorida. Caso haja rachaduras ou feridas, é bom procurar a orientação de um profissional, porque provavelmente o bebê não está mamando de maneira correta.

- Silicone impede a amamentação
Mito. Nem implante de silicone nem mamoplastia comprometem a produção de leite ou interferem na amamentação.

- Pegar sol nos seios ajuda
Verdade. O contato com os raios solares aumenta a produção de vitamina D no corpo, o que fortalece a pele do seio e ajuda a evitar rachaduras nos mamilos. O ideal é tomar sol ainda na gestação e manter durante a amamentação, por dez minutos, duas vezes ao dia, antes das 10h e depois das 16h.

- Amamentar é fácil e simples
Mito. Amamentar é cansativo e exige muita paciência, principalmente no início, até que a mãe se recupere do parto e ela e a criança se adaptem ao processo, mas vale a pena. Uma dica para se preparar para esse momento é participar de um curso para gestantes, ainda durante a gravidez, para tirar dúvidas e aprender macetes que ajudam na rotina com o bebê.

- Acelera a perda de peso da mãe
Verdade. Mantendo uma dieta rica e equilibrada, a mãe que amamenta nos primeiros meses de vida volta mais rapidamente, já que o corpo gasta 700 calorias todos os dias somente para produzir leite para o bebê.

Pré-agende seu exame

Na São Lucas você encontra exames e diagnósticos de alta precisão. Pré-agende seu exame conosco. Ligue (47) 3249-2922.